quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Menina Caprichosa No Túnel do tempo: Moda anos 20


Bom dia meninas, ai que preguiça, feriado é tão bom, mais deixa a semana tão preguiçosa não é? Durante esse final de semana eu fui convidada a responder uma entrevista sobre moda, influências e o que eu achava, isso me fez pensar em fazer aqui no Blog uma semana histórica sobre a moda, na verdade vai ser mais amplo que isso pois vai abordar ouros fatos como personalidades públicas, música e cinema aquele combo que eu pelo menos amo e quero escrever e amo história, sempre foram as minhas maiores notas na escola... mais quero fazer algo bem dinâmico, sem fazer aquele BIG post cansativo... esse é o primeiro post de oito, e espero que vocês continuem a acompanhar.





1. História;
década de 1920/ década de 20/ anos 20 foi o período de tempo entre (1 de janeiro de 1920 e 31 de dezembro de 1929). No contexto histórico temos o EUA como uma das maiores potências. E no cenário mundial a Europa simultaneamente, sofria as consequências da Primeira Guerra Mundial, que viria permitir a ascensão do Nazismo, liderado por Hitler. Houve então uma reconstrução das ruínas  com engenheiros, operários e arquitetos.

Na década de 1920 no Brasil, verificamos que, frente à crise da República Velha o domínio oligárquico de São Paulo e Minas Gerais. ( Altas aulas de história não vou nem comentar). Mais quero lembrar aqui do Movimento Operário,  Camadas Médias Urbanas haviam se tornado mais numerosas e diversificadas, Os Comunistas, apesar de já terem criado o PCB (Partido Comunista Brasileiro), em 1922, contavam com uma organização falha, devido a perseguições e repressões sofridas pela polícia.  E por fim o Tenentismo veio preencher o espaço vazio pela falta de lideranças civis aptas a conduzirem o “processo revolucionário” brasileiro, porém fracassou.
E Faltando pouco mais de dois meses para acabar esta década, a queda da bolsa de Nova York, em 24 de outubro de 1929, marcou o fim desta época de prosperidade que ficou conhecida como "Loucos Anos 20".
2. Esporte;
Esporte que cresceu e floresceu na década de vinte anos devido à publicidade e promoção incluído beisebol, tênis, golfe, natação, futebol e boxe sem precedentes. Jornais, revistas, rádio e filmes todos desempenharam um papel em impulsionar o perfil do desporto e os gigantes esportivos.A década de 1920 foi um período de transição para muitos esportes. 
Esportes que tinham até então sido largamente eventos amadores chamou a atenção dos promotores que podiam ver uma oportunidade para capitalizar e ganhar dinheiro. A liga profissional de futebol, passeios de golfe, e circuito de tênis foram organizados. Publicidade da mídia garantida grandes multidões e garantiu o sucesso financeiro dos empreendimentos, permitindo que novos estádios a serem construídos e proporcionando um aumento constante dos salários para as estrelas do esporte.

As estrelas do esporte desta época permanecem bem conhecido ainda hoje, tal era a sua fama ea publicidade que recebeu para suas carreiras incríveis, endossos ou promoções. Muito poucos não ter ouvido falar de Babe Ruth no beisebol, Jack Dempsey no boxe, Johnny Weissmuller na natação, Knute Rockne e Red Grange no futebol, Bill Tilden e Helen Wills no tênis, e Bobby Jones e Glenna Collett no golfe.


As Receitas de bilheteira para os dez clubes de futebol maiores aumentou em toda a década de 1920 até a depressão.





3. Publicidade;
Quanto a publicidade, no começo da década era em preto e branco e ao longo dos anos, passou a ser colorida.  Acima temos um anuncio da Colgate que era líder nos EUA, O da coca - cola no verão de 1920 veja mais aqui. Na sequência de baixo vemos a Ford, Malboro com anuncio de cigarros com bebês, para disseminar a ideia para a família e ao lado uma propaganda com a mulher dos anos 20, com muita make, mostrando o cigarro como status.

4. Cultura & Arte;
No Brasil, entre 11 e 18 de fevereiro de 1922 é realizada, no Teatro Municipal de São Paulo, a "Semana de Arte Moderna", ( vi isso na aula de artes, saudades professora Graci). que contou com a participação de escritores, artistas plásticos, arquitetos e músicos. O seu objetivo era renovar o ambiente artístico e cultural da cidade com "a perfeita demonstração do que há no nosso meio a nível da escultura, arquitetura, música e literatura sob o ponto de vista rigorosamente atual.
.Participavam nesse movimento os seguintes artistas: Anita Malfatti, Di Cavalcanti, John Graz, Alberto Martins Ribeiro,Oswaldo Goeldi, com pinturas e desenhos; Victor Brecheret, Hildegardo Leão Velloso e Wilhelm Haarberg, com esculturas; Antonio Garcia Moya e Georg Przyrembel, com projetos de arquitetura; os escritores Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Menotti del Picchia, Sérgio Milliet, Plínio Salgado, Manuel Bandeira, Ronald de Carvalho, Álvaro Moreira, Renato de Almeida, Ribeiro Couto e Guilherme de Almeida; além de nomes já consagrados na música, como Heitor Villa-Lobos, Guiomar Novais, Ernâni Braga e Frutuoso Viana e mais uma "renca" de artista.
 5. Musíca
A era do Jazz, antes a dança era formal e, o novo estilo trazia danças coladas de cabarés, as mulheres modernas da época (melindrosas), animavam os salões com o seu charme, traduzindo um comportamento e modo de vestir nas roupas. A sociedade dos anos 20, além da ópera ou do teatro, também freqüentavam cinematógrafos, que exibiam os filmes de Hollywod.
As mais tocadas eram: Ol’ Man River(Showboat – 1927), Can Broadway Do Without Me? (Show Girl – 1929), You’re The Cream in My Coffee (Hold Everything! – 1928), Here In My Arms
(Dearest Enemy – 1925), The Half Of It, Dearie’s Blues (Lady, Be Good – 1924),Spread a Little Happiness (Mr. Cinders – 1929), Liza (Till The Clouds’ll Roll Away) (Show Girl – 1929), Mammy (The Jazz Singer – 1927), Ain’t Misbehavin’ (Connie’s Hot Chocolate [Off-Broadway] – 1929), The Ballad of Mack The Knife (The Threepenny Opera – 1928).

6. Tv & Cinema;

Os filmes de Clara Bow ( tipo são vários, não sei como ela conseguiu filmar tantos,veja no link).e as comédias de Chaplin, imperavam no cinema que também passou por uma revolução com os movimentos de vanguarda, na União Soviética, cineastas como Sergei Eisenstein de O Encouraçado Potemkin (1925) e Dziga Vertov, de O Homem com a Câmera (1929), refizeram o cinema. Em Espanha, tinham espaço os filmes surrealistas de Luís Buñuel. Na França, uma dançarina afro-americana, Josephine Baker, apresentava-se nos teatros da efervescente cidade de Paris, ditando a moda a todo o mundo, tendo divulgado os banhos de sol.


7. Boys;
O homem da década de 20 não era tão formal, as camisas tinha punhos independentes, com abotoaduras de couro ou madrepérola. Para a noite smoaking e casacos. Estavam sempre bem barbeados, om bigodes curtos e aparados, usavam chapéu fedora ou de feltro.


8. Personalidades Públicas;

As mulheres tomaram o cenário. Entre as estrelas, se destacam Mary Pickford, a canadense “queridinha da América” que se tornaria uma famosa feminista, a sueca Greta Garbo, estrela de Hollywood e quinta maior lenda da sétima arte, Louise Brooks, estrela do cinema mudo de 1925 a 1938, que lançou tendência na época com seu cabelo curtinho e Clara Bow, a “It-girl” de Hollywood, que tinha o “it” da sedução, uma história complicada e MUITOS filmes no currículo.





                                            9. Beleza & Make;

Beeem diferente da Renascença, época na qual as gordinhas eram sinônimo de beleza por representarem as famílias mais endinheiradas, os anos 20 era comum menos curvas e nada de espartilho, menos seios, ombros mais largos, mas nem tanta magreza,nada de bojo o negócio era achatar o peito mesmo.
No rosto, o olhar de menino era o que as mulheres buscavam. Sombras escuras nos olhos, lápis na sobrancelha para levantar, as máscaras para cílios eram bem diferentes do que estamos acostumados:  vinham na forma de um bloco sólido ao qual se adicionava água e passava nos cílios com uma escovinha. Dark eyes eram tendência. Ainda mais levando em conta que o rosto deveria ser pálido, caprichando no pó de arroz, tipo boneca.
Nas unhas, a década de 20 foi um marco para a história do esmalte. Michelle Menard se inspirou nas tintas para carros para criar o esmalte como o conhecemos. 
A partir daí deu pra brincar bastante com as opções de cores nos anos seguintes, mas assim como o batom, o vermelho escuro era o mais visto nas unhas de Hollywood.

E pra finalizar essa parte em 1921, o famoso Chanel no. 5 torna-se o primeiro perfume a ser vendido em massa. E a atriz, Marilyn Monroe, inesquecível, aquela deusa, colocou o Chanel nº 5 no mundo do consumo sofisticado eternizando seu uso, ao declarar que “dormia vestida com apenas duas gotas do Chanel nº 5”. isso nos anos 50, mais achei legal lembrar.

10.Moda;
A moda foi divulgada a partir dos filmes. Os norte-americanos usaram bastante o poder de sedução e a capacidade de beleza contidas nelas, nas superproduções cinematográficas. Nisso foram revelaram-se grandes estilistas que expunham suas artes nos corpos dos grandes artistas da época. Como era um período de guerras os Estados Unidos perderam o contato com a França, Paris que era palco de importantes desfiles estava mais distante. A década de 20 ficou marcado como os anos dourados da moda.


A mulher ficou livre dos espartilhos curvas não eram mais sensual. A silhueta agora era tubular, e os vestidos ficaram mais curtos com braços e costas à mostra, o tecido predominante era a seda,  a atenção era voltada aos tornozelos e as meias eram em tons de bege Asa saias chegaram a altura dos joelhos nada de celulites a mostra, somente as dançarinas usavam saias na coxa. 


Os seios e quadris eram pequenos o sutiã tinha o objetivo oposto do de hoje objetivo não era deixar os peitos caídos, mas sim menores! Um modelo de sutiã bem utilizado na época era o Symington Side Lacer, um bustiê com ajustes laterais que se entrelaçavam e permitiam apertar bastante os seios e com isso, fazê-los parecer menores. Uma curiosidade era que o Symington era francês, e os alemães consideravam falta de patriotismo comprar os produtos franceses, uma vez que o clima ainda era meio tenso por causa da Primeira Guerra Mundial.


Quanto aos acessórios: o chapéu passou a ser usado apenas de dia e o modelo popular era o cloche, que só podia ser usado com cabelos curtíssimos (la Garçonne).A bolsa dominate na década de 20 foi estilo carteira, tanto para o dia como para noite. Com uma superfície plana permitia aplicações de bordados ou estampas.

Os sapatos desta época caracterizam-se por linhas geométricas, com tiras que se prendiam no peito do pé, recortes, cortes e aberturas, combinando com saltos, médios ou altos, mas nunca finos. Existiam modelos de sapatos com pulseiras abotoadas nos tornozelos, originalmente foi criado para crianças, mas foi muito usado pelas mulheres da década de 20, um sapato muito popular era feito em dois tons, geralmente preto e branco.



Os nomes da moda, foram os anos 20 que nos presentearam com Coco Chanel.
Tons de bege, areia, creme, marinho e preto, tecidos Jersey com formas simples. Foi dela que vieram os Blazers, cardigãs, capas, colares compridos e cabelo curtinho, o que explica o nome do corte que conhecemos hoje nos salões de beleza ( nunca pensei nisso haha demais!) 

Outros nomes como Jacques Doucet e Jean Patou também se destacaram. Jacques começou a mostrar as ligas rendadas subindo a altura das saias e Patou revolucionou a praia com seus maiôs e criou peças voltadas para o mundo do esporte.

Toda essa euforia dos " felizes anos 20" acabou 29 de outubro de 1929 quando a bolsa registrou a maior baixa da história. Muitos investidores perderam muito e isso afetou a economia dos Estados Unidos e do resto do mundo. 
Os anos seguintes foram de uma grande depressão, porém não podemos deixar de lembrar das belas coisas que aconteceram e como a moda é influenciada nos dias de hoje  com essas tendências.
Espero que gostem, não deixem de comentar e fiquem ligadas nas próximos posts!
Um beijo melindroso ;*

Referências Almanaque Folha Uol & Moda Histórica.

20 comentários:

Bianca Schultz disse...

Nossa, muito legal esse post!
Adoro ver fotos antigas e saber sobre o passado. Naquela época os tempos foram difíceis por conta da Guerra e tudo mais, mas acho que as pessoas sabiam aproveitar a vida e o tempo delas melhor do que nós que vivemos na internet... :/
Sobre a moda, confesso que acho um amor esses modelos de vestidos, não usaria, mas adoro coisas retrôs!

Beijos!
Blog Bianca Schultz

Pâmela Lepletier disse...

Adoro ver as mudanças da época, fazer comparações e tudo mais. rs
Eu confesso que tem acessórios, makes e algumas coisas que gosto e que podiam voltar né? rs
Beijos!

Blog Pam Lepletier

Gessica Morais (Kinha) disse...

Adorei a ideia do post..

Beijo
;)
www.umalindapromessa.com

1001 julietas disse...

Amoooooooo ver a reviravolta que sofremos com as épocas.
Como tudo muda.
Apesar dos apesares, e da politica da época, EU ADORARIA ter vivido nos anos 20, sempre gostei do estilo das mulheres, dos homens e e tals.
E seila, parece q a vida era mais intensa, saca? haha

http://www.1001julietas.com/ ♥

Erika souza disse...

Nossa quanta coisa diferente neh ? Kkk muito legal ver essas épocas !! Bjoos linda !!
www.mundodasfashion12.blogspot.com.br

Camila Kellen disse...

Puxa, que post interessante por remeter a essa época.
Fiquei chocada com esse trecho dos seios menores... Hoje é bem contrário MESSSMO!
www.iamcamilakellen.blogspot.com

Daniella Dias disse...

Foi uma década muito charmosa.
Me lembrou também a novela o cravo e a rosa. Eu adora os looks da Catarina! rsrs...
Muito legal o seu post!
Eu viajo de verdade com posts como o seu. Me transporto para a época legal! rsrs...

bjOO

Blog Breshopping da Dany
SORTEIOS Breshopping da Dany SORTEIOS
Instagram: @breshopping_da_dany
Twitter: @brechodanylins

Joice N. disse...

Tudo que fala sobre anos vinte me lembra esse corte de cabelo. ótimo post, você pegou realmente um pouco de tudo pra falar, adorei porque eu amo história e sempre adorei estudar períodos inteiros abrangendo todos os campos. hahaha
Você é realmente uma Menina Caprichosa <3
Beeeijos!
http://livrosamoremais.blogspot.com.br/

.lívia. disse...

AMEI o post! eu adoro a moda dos anos 20, o jazz, a dança, a silhueta! sempre que tem algum filme (como o grande gatsby) que remete a época fico de olho!

www.tofucolorido.com.br
www.facebook.com/blogtofucolorido

Camila disse...

O bom dessa época era que quanto mais roupas melhor rsrs
Adorei essa volta no tempo :)

www.chaeamor.com

Erika souza disse...

Nossa quanta coisa diferente neh ? Kkk muito legal ver essas épocas !! Bjoos linda !!
www.mundodasfashion12.blogspot.com.br

Ana Karla disse...

A moda é incrível, tanta história, e a cada dia algo volta recriada! amei o post!

www.byanak.com.br

Thaiane e Thalita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thaiane e Thalita disse...

Gostamos muito de historia de outras épocas, amamos om post bem detalhado sobre o que estava acontecendo, vemos como as coisas mudaram.

Beijos


http://www.onlyinspirations.blogspot.com.br/

Barbara Almeida disse...

Sou perdida na historia da moda, adorei conhecer um pouco mais. As roupas do tópico 10 sem dúvida são lindas!!

Beijos, Love is Colorful & Sorteio Lentes para Celular

Marilis Dutra disse...

Oi minha flor
adorei seu post
acho que a década dos anos 20 as mulheres eram tão elegantes né
bjss

Batom&Blush
|http://marilisdasilvadutra.blogspot.com.br/|

Camila Lima disse...

As mulheres e homens eram tão elegantes né
Beijos

Blog Segredos da Cáh
Instagram
Facebook
Canal do You Tube

Michelly Santos disse...

Adooooro a década de 20! Acho que foi o período em que as mulheres se vestiam melhor. Pra mim, foram as precursoras do "sexy sem ser vulgar"! kkkkkk

http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/2015/08/promocao-vamos-colorir.html
Mais Uma Página - tem promoção no blog, passa lá!

sarah saad disse...

http://khairyayman.inube.com/blog/5015576// شركة نقل عفش بجدة
http://khairyayman.inube.com/blog/5015578// شركة نقل عفش بالمدينة المنورة
http://khairyayman.inube.com/blog/5015583// شركة نقل عفش بالدمام

sarah saad disse...

https://khairyayman74.wordpress.com/2017/04/26/transfere-furniture-mecca-taif/
https://about.me/easteldmam easteldmam
http://east-eldmam.skyrock.com/ east-eldmam

Postar um comentário