quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Confira os shows mais incríveis do Grammy 2018


Hello leitores, aqui estou novamente. Como prometido, voltei ao blog Menina Caprichosa com o post sobre os shows que tivemos da 60ª edição do Grammy, e que shows minha gente, foram muitos, bora conferir.

O Kendrick Lamar foi o responsável por abrir a premiação. Transmitindo direto so Madison Square Garden, em New York, o rapper não fez feio e nos apresentou um show de deixarmos bobos.
Lady Gaga 60Th Grammys GIF by Recording Academy / GRAMMYs

Lady Gaga foi a segunda a estar no palco da noite mais importante para a música. Com uma apresentação de fazer lágrimas, ela iniciou com a faixa-título do seu recente álbum “Joanne”, música em homenagem à sua tia que faleceu devido a doença Lúpus, a qual a cantora também enfrenta. Depois das primeiras entoações, Gaga mostrou seu poder vocal com “Million Reasons.” Ela sabe mesmo encantar junto ao piano!

Nosso querido Sam Smith também fez questão de marcar a noite com sua música. Com um coral, Smith cantou a aclamada “Pray” deixando muitos com umas lágrimas no canto dos olhos.

Mesmo não comparecendo à premiação, Taylor Swift deixou sua presença com a música “Better Man”, ótima, interpretada pelo grupo Little Big Town. Ainda assim, Tay aparecendo seria um sonho, né? Rihanna tem nos deixado sozinhos sem um álbum, mas apareceu deslumbrante no Grammys, pulando o red carpet!
Mas é impossível não amar essa mulher, certo? A cantora subiu ao palco já no começo pela vitória de Kendrick Lamar com a música “Loyalty”. Depois, ela voltou para a primeira performance de “Wild Thoughts”, junto de DJ Khaled e Bryson Tiller. Mulher, cada esse novo álbum? Estamos doidos por ele kkkkkk.



Outro momento ímpar na noite foi a apresentação de Bruno Mars e Cardi B. E que show gente, Mars deu uma apresentação de dança, voz e presença no palco incomparável! Cardi apostou num look colorido vintage, seguindo a vibe do clipe oficial de Finesse, e não fez feio. A apresentação deles ficou marcada devido os fãs notarem a chegada de Beyoncé e Blue na plateia. Ambas pularam o red carpet.


O movimento Time’s Up, presente nas últimas premiações da TV e Cinema, também teve sua presença ao ser citado pela Janelle Monaé. A cantora introduziu a performance de Kesha, a qual teve companhia de Camila Cabello, Cyndi Lauper, Bebe Rhexa, Andra Day e um coral poderoso, para a música “Praying”. A música recorda os tempos que ela travava uma batalha judicial contra os abusos do antigo produtor. No final, Kesha foi aplaudida de pé pelo público.

Para mais um pouco de emoção, tivemos Sir Elton John e Miley Cyrus com um show de babar. Com um vestido clássico no tom rosa, a antiga estrela da Disney mostrou que também tem uma voz forte e não deixou a desejar ao lado do grande Elton.

P!nk também nos emocionou quando subiu ao palco para cantar a incrível “Wild Hearts Can’t Be Broken”, faixa de seu novo álbum “Beautiful Trauma”. Com um look bem casual, mostrando simplicidade, a cantora entoou notas altas, além de estar acompanhada de uma intérprete de linguagem de sinais. O resulto foi lindo.

Logo depois do tributo aos nomes da indústria fonográfica falecidos nos últimos 12 meses, Logic também tratou de emocionar o público com uma performance de “1-800-273-8255” junto de Alessia Cara. O título da música é o número da Linha Nacional de Prevenção ao Suicídio nos EUA. Usando um moletom com o número na frente e a frase “Você não está sozinho” atrás, o cantor pediu mais união e respeito, ao fim.

U2 aproveitou a Estátua da Liberdade como cenário para uma apresentação impressionante. A banda irlandesa deixou o palco do Madison Square Garden e cantou a música “Get Out of Your Own Way” no Porto de Nova York. Com o símbolo maior da liberdade americana ao fundo, Bono não perdeu a oportunidade de cutucar o presidente Donald Trump dizendo: “Bem-aventurados os países de merda, porque nos deram o sonho americano”, fazendo alusão a Trump chamar o Haiti e nações africanas como “países de merda”.

E por fim, não podíamos esquecer do hit que grudou em nossas mentes. Luis Fonsi e Daddy Yankee fizeram uma apresentação incrível de “Despacito”, levantando todos da plateia para cantar e dançar.

Ufa pessoal, quantas performances, não? Esse ano o Grammy estava impecável. Mas me conte leitores, qual/quais vocês mais gostaram? Eu já nem sei mais, porque todos foram de arrepiar kkkkk. Agradeço gente bonita pela atenção e quando puder eu volto. Bye bye!!😊
Quem escreveu esse Post foi Leonardo Diniz, psicólogo em formação e meu amigo querido, super antenado do mundo dos famosos, entreterimento e tecnologia.

4 comentários:

Ayuna disse...

beautiful blog! I really like how you write
and what you give photos. wonderful!
I have a question, you will agree to follow for follow?
I like to be in touch with inspirational blogs.
Greetings from Poland!
ayuna-chan.blogspot.com

Cátia Rodrigues disse...

Por acaso, adorei todos os momentos destes Grammys! As minhas actuações favoritas foram Kendrick Lamar, Kesha, Lady Gaga, Bruno Mars e Logic!

THE PINK ELEPHANT SHOE // Ganha um gekkopod e um comando bluetooth para as tuas fotos!

Fernanda Lucena disse...

Genteeeeeee
N creio que perdi TUDOOOO isso!
Vou ver se tem no youtube, tô louca p assistir a essas apresentações!

Bjooos
muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

Canal Marcela Miranda disse...

Eu me apaixonei muito na apresentação da Gaga, me arrepiei. Beijos,

https://lesjoursdemarcela.blogspot.com.br

Postar um comentário